Fragmentos Betty Martins
.
.
.
._________o escritor original não é aquele que não imita ninguém_________mas sim aquele que ninguém pode imitar__________/// [Chateaubriand]
._______aos tão solitários loucos
.d´almas puras.nuas.
das vestes negras procurando_____o___________.cavalgar________.as enormes.gargalhadas
.
.
.
.Betty Martins________ como. sou cúmplice da loucura .dispo-tE________com o meu sorriso _____________ o meu livro_______________
.dans la tranquillité de mon esprit dans les couleurs dans la douleur et dans l'amour je vais en donner nom à chaque je fragment expectant portrait de moi__________/// ___________________ ______///____________ ______________///________
.de pé sobre o abismo e não morri.canto gregoriano muito limpo não me chegou________________ o fim _____________________catedral sobre o risco.sobre um azul tão grande que afundar-me podia ._____ao fundo do mais fundo mergulhei e não morri_________...________ .amei________[Ana Luísa Amaral]
__________///____________
.é tão "natural" destruir o que não se pode possuir - negar o que não se compreende - insultar o que se inveja_________________ [Honoré de Balzac]
______________________.









náufragos________todos os olhares



feitos.jangadas.de.vidro





.as
ruínas.que.não.são.cadáveres



.são
a outra.dimensão.da realidade
aquela que re.vive [quasi.cristalizada] na memória
de um valor [assumido]_______sacro
dum modo extrínseco
____a história resolve a forma



.procurados os vitrais.os.mais.escuros
por onde o veludo da luz________não entra
as túnicas dos santos
adejam suavemente na pudicícia da adoração



místico re.canto



.o soar do paraíso________no.corpo.violino





{de acto simples o coligir.das.flores no museu.da.inocência}





onde as estrelas de dois círios brilham
entrevistos________como um arrepio.de.pele
os turíbulos de ouro queimam o incenso



ouve-se



.o raspar a cera derretida no chão como.lágrimas.pálidas



.e





o sol esmorece nos vitrais__________________________...





[]





na desmaterialização o escriba___________”cai” num.interior.quase.profundo e assim nasce a sua criação. o sentir.luminoso.poético.a.dinâmica.dos.sentidos. um fazedor de emoções
_______________________///




© Betty Branco Martins



.todos os textos estão protegidos pela SPA
.imagens com Direitos Autorais de Betty Branco Martins

51 Comments:

Blogger Malena said...

Mi querida Betty: Tus versos siguen produciendo hondas emociones y recreando esos espacios por donde la luz entra dando vida a lo que toca.

Mil beijos e mil rosas.

 
Blogger SAM said...

"...um fazedor de emoções".

Muitas em cada verso( o coração revela) rasgadamente. Lindo, Betty...Sempre lindo.


Carinhoso beijo.

 
Blogger José Marinho said...

Bem vinda!... Até que enfim. Belíssimas imagens, adorei a 2ª, uma irrupção interior no tempo tumultuoso. Belíssimos os versos "ouve-se/.o raspar a cera derretida no chão/como.lágrimas.pálidas/.e/o sol esmorece nos/vitrais__________________________..." - um achado.

 
Blogger José Marinho said...

Não me canso de olhar este céu tumultuoso; inferno ou paraíso? Bravo!

 
Blogger José Marinho said...

Belíssimo, mágico, intenso, arrebatador, com algum repouso como convite a uma pausa breve na inquietação do acto criativo. Nobilíssima visão.

 
Blogger Marta said...

Paraíso ou Inferno???
Senti-me em paz ao ler e senti-me envolvida nas cores...
Lindo....
Obrigada pela visita
Até já
Beijos e abraços
Marta

 
Blogger Caterina said...

Carissima,
la tua arte mi porta dalle altezze alle profondit� delle visioni dantesche. Mi sembra che stai portando sulle spalle dei pesi troppo grandi quasi insopportabili del mondo. I tuoi versi sono molto intensi e le immagini sono grandiosi.
Bacini cara amica

 
Blogger Hod said...

Duas telas que capturam d'alma emoção e algema atenção. POr entre os labirintos de fractais de cada pincelada a viagem acontece sem tempo para retornos.
No contorno literário teces o traço-desenho de um concretismo neo comtemporâneo que faz-me lembrar do Blue-Print e dos Jogos de arte de minha conterrânea Regina Silveira e Julio Plaza.
Maravilhoso vir e fiar com vc Betty.
Bastante contente por sua visita e pela fragrância colorida que deixastes em minha atmosferas.

Beijo carinhoso com muitas bençãos,

Hod.

 
Blogger ~*Rebeca e Jota Cê*~ said...

Betty querida,

Esse fazedor de emoções que habita em ti é mais que aguçado é nato.

Você tem o dom, menina linda.

Beijo imenso.

Rebeca

-

 
Blogger FOTOS-SUSY said...

OLA BETTY, MAGNIFICO POEMA...AS IMAGENS ESTAO BELISSIMAS...ADOREI...QUE TENHA UM FELIZ FINAL DE SEMANA AMIGA!!!
BEIJOS COM CARINHO E AMIZADE,


SUSY

 
Blogger Pedrasnuas said...

NÁUFRAGOS...DA TRAGÉDIA DE SI MESMOS OU DA DESGRAÇA QUE SE ABATE SOBRE OS SEUS OMBROS ...JÁ NÃO HÁ PARAÍSO...NEM SONS DO VIOLINO...SÓ GEMIDOS E LÁGRIMAS NOS BEIRAIS DOS DESCONSOLADOS...

OBRIGADA PELAS PALAVRAS DE APOIO...

SÃO ENERGIA POSITIVA ...E ALIMENTAM A ESPERANÇA...

BEIJO CARINHOSO E TERNO

 
Blogger luís telles said...

Bella Betty



Em primeiro lugar:

TODA A MINHA SOLIDARIEDADE PARA COM
TODOS OS MADEIRENSES.

A MADEIRA, BELA PÉROLA, NÃO DEIXOU DE BRILHAR.

,,,,


Estava bem difícil! Espero que agora nestes tempos mais próximos não tenhas problemas com esta coisa "maudite"


E minha querida, sempre tu. TU!



beijos muitos"""""*****"""""
Luís Telles

 
Blogger Canto da Boca said...

Quantos belos poemas sentidos na pele, que silenciosamente grita, a ausência do que inspira os poemas. Belas telas nuas, revestidas de emoção!

Beijos, Betty!

 
Blogger εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ said...

oieee!

claro que pode!
você pode levar os selinhos que quiser!

=D

 
Blogger tossan said...

Me fascina mesmo a tua poesia e as gravuras. Fui no blog em italiano e achei precioso, mas não consegui comentar. Beijo

 
Blogger © Piedade Araújo Sol said...

as lágrimas pálidas....

excelente, nem sei dizer se gostei mais das palavras se das pinturas.

bom fim de semana!

beij

 
Anonymous A Magia da Noite said...

e quando se provocam as emoções fazem-se grandes criações.

 
Blogger manuela baptista said...

solo de violino
apercebido entre lava quente

como quentes são os círios
em túnicas de santos

prece
cresce

tapo os olhos com um pano branco
permanece

o odor do incenso
em coração de náufrago

Betty, foi isto que eu senti
no tempo que parei aqui!

Obrigada pelo belo.

um beijo

Manuela

 
Blogger Brancamar said...

Querida Betty,

Estas telas são belíssimas, de cortar a respiração...e o texto muito interessante do ponto de vista do acto criativo, da dinâmica dos sentidos, que nos apresentas, na construção escrita das emoções...

Adorei que tivesses gostado do poema do Daniel Filipe e que o conhecesses tão bem, amo aquele livro desde sempre. Quando abri o blog o meu segundo post foi mesmo um excerto de "A Invenção do Amor", que inclui a passagem que me deixaste no teu comentário.
Um dia destes talvez o reponha, porque na altura estava a começar por aqui e apenas uma pessoa o leu.

Sê bem vinda.
Beijos
Branca

 
Blogger São said...

Os vitrais mais escuros não deixam passar a lus , mas a beleza da tua poesia tudo ilumina.

Um carinhoso abraço, companheira.

 
Blogger Lilazdavioleta said...

Bom dia Betty ,

" um fazedor de emoções " é o que todo este conjunto de imagens poéticas e pictóricas , é .
Parabéns.

Muito obrigada pela visita .

Um beijo carinhoso ,
Maria

 
Blogger ▒▓█► JOTA ENE said...

ººº
Blog lindo de se visitar e tão "sui generis" pelo o modo como está construído.

PARABÉNS BETTY

Beijokas

 
Blogger Laura said...

Bem, fico extasiada a olhar a pintura! No meu cavalte uma tela recém pintada, repintada, trepintada (ehhh)esperando que a benevolência da arte me venha viisitar! nikeles, assim, admiro estes lindos quadros com pinceladas divinamente colocadas,, Adoro vir aqui, menina da Arte de pincel ou de pena, é igual..beijinho da laura

 
Blogger f@ said...

Olá Betty,
...
"Onde as estrelas de dois círios brilham..."

! n f i n i t o beijinho
até a m a n h ã

 
Blogger mundo azul said...

___________________________________

Vir aqui é ser sempre presenteado com a sua arte!
Obrigada, Betty...



Beijos de luz e o meu carinho!!!

__________________________________

 
Blogger Pedrasnuas said...

QUE TODOS OS OLHARES DEIXEM DE SER NÁUFRAGOS ...DEIXEM DE SER CADÁVERES...DEIXEM DE SER CERA DERRETIDA TOMBADA...PERDIDA

BEIJOS AINDA FRIOS DE VENTOS QUE INSISTEM EM SOPRAR INDOMÁVEIS...

 
Blogger A Madrasta Má said...

Muito lindo! é sempre um passeio artístico e muito belo visitar seu blog minha querida! bjinhos da Madrasta!

 
Blogger Carlos Costa said...

Com este poema, fizeste-me entrar numa igreja.

Beijos

 
Blogger mixtu said...

um cair num interior

num azul...

numa imensidão

de sentires

de odores

de visões

ps. hoej falo do meu irmão e do sud-express, faz copy da url do video... vais adorar

abrazo serrano, amiga poetisa

 
Blogger f@ said...

Olá Betty,


Olh a r e s de vidro…
outra a dimensão e forma
d’alma despida no rumor de um riacho de águas aromatizadas com reflexos de lua…

v! tral tão colorido no ®e ©anto mais profundo onde escutamos as raízes e o s!lêncio da terra…


©ântico esc r i t o este Teu post…

A d o r e i ….


! n f i n i t o
B e i j i n h o

 
Blogger Dani Pedroza said...

"As ruínas que não são cadáveres..."

Esse trecho de, no máximo, 6, 7 versos, me renderia horas de reflexão.

Não precisa se desculpar pela ausência. As portas estão sempre abertas para suas idas e (especialmente) vindas. Bjs.

 
Blogger EM CARNE VIVA said...

Querida Betty



A arte numa entrega TOTAL!

Criação do sentir.


baci con amore

Ell Mac

 
Anonymous Anonymous said...

Minha bela e querida amiga



Falar do que escreve, posso!

Mas interiorizo e leva-me a todos os "]re]cantos" do meu ser.


Falar da sua arte, também não posso!


Mas admiro e amo com tamanha admiração, que entro no seu mundo. E sou tocado pelos sentimentos mais belos.



Beijo, Betty

Soudaquisoudaqulá
Anónimo Sou

 
Anonymous Anonymous said...

Minha bela e querida amiga



Falar do que escreve, posso!

Mas interiorizo e leva-me a todos os "]re]cantos" do meu ser.


Falar da sua arte, também não posso!


Mas admiro e amo com tamanha admiração, que entro no seu mundo. E sou tocado pelos sentimentos mais belos.



Beijo, Betty

Soudaquisoudaqulá
Anónimo Sou

 
Blogger Laura said...

És única, simplesmente isso e nada mais, Betty Martins, apenas tu a tua poesia, apenas tu...lindo. Beijinho e abraço apertadinho da laura

 
Blogger εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ said...

oieee lindinha!
vim conferir as novis!
uma ótima sexta!

=D

ૠৣৢॐৣৢૠૠৣৢॐৣৢૠ॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰ૠ               


Crescer


É ser cada dia um pouco de nós mesmos.
É dar, espontaneamente, sem cobrar inconscientemente.
É aprender a ser feliz de dentro para fora.
É buscar no próximo um meio de nos prolongarmos.
É sentir a vida na natureza.
É entendermos a morte como natural da vida.
É conseguir a calma na hora do caos.
É termos sempre uma arma para lutar
e uma razão para irmos em frente.
É saber a hora exata de parar e buscar um algo novo.
É não devanear sobre o passado,
mas trabalhar em cima dele para o futuro.
É reconhecer nossos erros e valorizar nossas virtudes.
É conseguirmos nossa liberdade com equilíbrio
para não sermos libertinos.
É sabermos que nada nem ninguém é totalmente bom ou mau.
É exigir dos outros, apenas o que nós damos a eles.
É realizar algo edificante.
É sermos responsáveis por nossos atos e por suas consequências.
É entender que temos espaço de uma vida inteira para crescer.
É nos amarmos para que possamos amar os outros como a nós mesmos.
É assumirmos que nunca seremos grandes,
mas que o importante é estarmos sempre em crescimento.


(autor desconhecido)


ૠৣৢॐৣৢૠૠৣৢॐৣৢૠ॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰ૠ

 
Blogger Manuela said...

Amiga adorei as fotomontagens.
Ilustra o que sinto hoje.
Adorei mesmo amiga.
Parabéns.
Manuela

 
Blogger arcanjo said...

Mia cara sorella, tesoro

Tutta la bellezza e il fascino che sa dare "vita" mi arrendo

enormi baci
tuo fratello
Miguel

 
Blogger Santeiro said...

Queridíssima Betty


Este teu lugar é de uma mágia única!

Em que o teu talento nos encanta, completa e profundamente.



beijos

Santeiro

 
Blogger parbleu said...

Minha querida amiga



Sem palavras!

Fico na TOTAL admiração...


Beijos, carinho e aquela amizade

Inês de Vasconcellos

 
Blogger Renato Baptista said...

Betty...

Parabéns pelo blog diferenciado.
Fica um convite para que aprecie o primeiro Conto Poético de minha autoria, que você pode ler lá na Academia da Poesia.... http://academiadapoesia.blogspot.com
A sua visita e a sua opinião serão muito importantes para mim.
Deixo o meu abraço* e esteja com Deus.

Renato Baptista

 
Blogger Nilson Barcelli said...

És uma fazedora de emoções... já sabia... consegues que quem te lê a vá assumindo, à medida que vê as tuas pinturas e as tuas palavras.
Magnífico querida amiga, como sempre.
Bom fim de semana.
Um beijo.

 
Blogger Pelos caminhos da vida. said...

M de Mulher!

Seus Malabarismos Mágicos Manipulam Marionetes.
Meninas, Mães, Madres, Marquesas e Ministras.
Madalenas ou Marias.

Marinas ou Madonas.
Elas são Manhãs e Madrugadas.
Mártires e Massacradas.
Mas sempre Maravilhosas, essas Moças Melindrosas.
Mergulham em Mares e Madrepérolas, em Margaridas e Miosótis.
E são Marinheiras e Magníficas.
Mimam Mascotes.
Multiplicam Memórias e Milhares de Momentos.
Marcam suas Mudanças.
Momentâneas ou Milenares, Mudas ou Murmurantes,
Multicoloridas ou Monocromáticas, Megalomaníacas ou Modestas,
Musculosas, Maliciosas, Maquiadoras, Maquinistas,
Manicures, Maiores, Menores, Madrastas,
Madrinhas, Manhosas, Maduras, Molecas,
Melodiosas, Modernas, Magrinhas.
São Músicas, Misturas, Mármore e Minério.
Merecem Mundos e não Migalhas.
Merecem Medalhas.
São Monumentos em Movimento, esses Milhões de Mulheres Maiúsculas.

(texto tirado da net).

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER.

beijooo.

 
Blogger Laura said...

Querida Betty, hoje, queria encarecidamente que pasasses no resteas, para rir um pouco, adoraria, se ri tanto a escrever, lembrei de ti, e!...
Um abraço apertadinho da laura

 
Blogger Laura said...

Querida betty, fiquei tão vaidosa com este comentário d euma migo meu, senhor dos seus 71 anos que, copiei e deixo aqui para leres...beijinho da laura

Paixão Lima disse...

Laurinha! As minhas felicitações. Conseguiste mais um admirador para juntar à longa lista dos já existentes e na qual, muito naturalmente, me incluo. Cuidado com o café servido em chávena escaldada.Pode queimar ehhhh.

(isto é a avisar sobre possivel retaliação de uma nina ciumenta que em anda a atazanar a vida ehh eu disse o mesmo na resposta)


O comentário mais explícito e criativo foi o da Betty. Por momentos tiva a impressão de estar a lêr Emílio Zola ou, na versão nacional, Eça de Queirós. Por associação de ideias, até visionei algumas cenas do filme de Berlolucci, O Último Tango em Paris. Concordo que o sexo é BOOOOOOM!! Além de dar flor e fruto. A Betty foi aprovada com distinção com 20 valores. Parabéns!

20:25

 
Blogger A Madrasta Má said...

Olá minha super querida, desejo um excelente dia, muita sorte e realizações de seus ideais, não só no dia 08 de março, mas por toda a sua vida!
Bjinhos da Madrasta!

 
Blogger luís telles said...

Bella Betty


sinfonie d’amore
nascono nuovi domani

violini suonano


indomita lievita e leviga l’attesa

un attimo infinito
schiumosa onda di vita



e addormentati respiri

rubati alla notte.



tanti bacini amica mia
Luís Telles

 
Blogger EM CARNE VIVA said...

Querida amiga




MAGNÍFICO!!!


BRAVÍSSIMO!!!


Não tenho mais palavras.


beijos imensos

Ell Mac

 
Blogger luís telles said...

Bella Betty



Enganei-me. É no outro mais acima

 
Blogger EM CARNE VIVA said...

Olha só o que o Luís me leva a fazer!!!


:)

:))

 
Blogger . intemporal . said...

.

.

.

. no tom e no dom .

. na arte da criação .

. atemporal .

.

. de dentro para fora . agora .

. a hora . esta . na aresta da mais ampla festa da poesia .

. aqui .

.

. onde me prostro .

. rendido .

. e saio com o peito em arco aberto .

.

. tão longe e tão perto .

.

. o teu dizer . feito verbo .

.

. ascende . porque transcende .

.

. o teu beijo terno de hoje .

.

. na singularidade de todos os dias .

.

. sempre e para sempre,,, .

.

. paulo .

.

.

.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home